Uso de modelagem hidrogeoquímica para interpretar a qualidade da água de reservatórios salinizados em Sergipe

Autores

Nívia Raquel Oliveira Alencar, Eveline Leal da Silva, Adnivia Santos Costa Monteiro, Igor Santos Silva, José do Patrocínio Hora Alves

Resumo

Nesse estudo o software PHREEQC foi utilizado para simular os processos geoquímicos envolvidos na salinização das águas dos reservatórios Carira e Algodoeiro, situados no estado de Sergipe, Nordeste do Brasil. Amostras de água superficial foram coletadas nos períodos seco e chuvoso em oito campanhas entre 2013 e 2018. Em cada amostra foram determinados os parâmetros: pH, sólidos totais dissolvidos, Na+, K+, Ca2+, Mg2+, HCO3-, SO42- e Cl-. O modelo demonstrou que o principal mecanismo que controla a qualidade da água dos reservatórios é a evaporação-cristalização, levando a uma composição química rica em Na+, Mg2+, Ca2+ e Cl-. Os resultados da modelagem mostraram uma boa concordância com as características hidroquímicas das águas, obtidas no período 2013 a 2018, exceto para o HCO3-, cujos valores modelados foram bem menores, devido à lenta cinética de precipitação da calcita nos dois reservatórios.

Compartilhe

Autores

  • infoNívia Raquel Oliveira Alencar

    Instituição

    Departamento

  • infoEveline Leal da Silva

    Instituição

    Departamento

  • infoAdnivia Santos Costa Monteiro

    Instituição

    Departamento

  • infoIgor Santos Silva

    Instituição

    Universidade Federal de Sergipe

    Departamento

  • infoJosé do Patrocínio Hora Alves

    Instituição

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

    Departamento

Palavras-chave

Salinização, Reservatórios, PHREEQC.

Tema

07 - Qualidade da água

Evento

XXIII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

Publicação